Marido processa amante de esposa e ganha indenização de R$ 3 milhões


Robert Kevin Howard explicou que o encontro entre sua esposa e o amante teria começado em dezembro de 2016, de acordo com processo sob delito por Alienação de Afeto.

Essa lei de 1700 vigora em ao menos seis estados americanos, dentre eles, a Carolina do Norte, e proporciona indenizações a partir de US$ 30 mil. Para que ela seja aplicada, é preciso que o cônjuge prove que o amor e o afeto do casal foram destruídos pelas ações negligentes ou maliciosas do réu.

Após descobrir os eventuais encontros, Howard pediu explicações à mulher, que confessou. Ela então pediu o divórcio, finalizado somente dois anos depois.

"Foi como um soco no estômago porque achei que tinha essa confiança por 12 anos", disse ele à NBC News.

Howard acredita que as ações do homem (o amante de sua esposa, que não teve a identidade revelada) eram intencionais. Então, ele entrou com processo contra o amante.

Baseando na Lei de Alienação de Afeto, um juiz da Carolina do Norte determinou em agosto que o amante da então esposa de Robert Kevin Howard pague o valor US$ 750 mil em indenização a ele.

11 visualizações

©  Copyright 2020 Bruna Bastos Advocacia - Todos os Direitos Reservados.